Espero que você não leia



Acordei no meio da madrugada porque sonhei que você. Parecia tudo tão real e eu achei que você estivesse aqui em casa, comigo e que tudo aquilo tinha passado. Quando abri os olhos percebi que você não estava aqui e eu tinha dormido mais uma noite no sofá com a televisão ligada.

Fiquei pensando em mim. Em você. Em nós. Daí lembrei que meus créditos acabaram hoje e isso só pode ser mais um sinal de que eu não devo ir atrás de você. Acho que você não quer que eu vá mesmo.

É mais uma madrugada em que eu acordo e fico viajando pela internet numa tentativa frustrada de não chorar. Sempre acabo caindo num daqueles sites de contos de amor e lembro de nós. Parei, pensei e vi que "nós" não existimos mais. 

Agora mais do que nunca preciso entender que estou sozinha. Na verdade sempre estive mas não importava porque mesmo que de um jeito estranho, eu tinha você. Preciso entender que estou rodeada de amigas e que elas precisam fazer as coisas delas e que eu não sou a prioridade. 

É estranho lembrar das vezes que você não quis sair comigo. Não queria ir no cinema, não queria ir comer fora, não topava coisas que fossem muito longe ou tarde. Isso realmente me chateava muito. Mais triste ainda, é ver que terminamos justamente por conta disso. Sei que você concorda que se você não curte algumas coisas comigo, eu preciso viver isso sozinha ou com outra pessoa. E isso não significa que eu te ame menos.

Passei meu dia tentando não lembrar de você e das coisas que aconteceram na noite anterior. Vou tentar fazer isso todos os dias enquanto você não vem até te esquecer completamente.

Você me abandonou! Estou sozinha, sem ninguém e escrevendo esse texto idiota de madrugada quando deveria estar dormindo.

Falta muito pouco pra eu me odiar. Me odiar por ter acreditado em mudanças. Acreditado que você tinha novos planos pra nós e que não incluíam brigas ou possessividades extremas. Nos iludimos.

Eu não sei como vai ser daqui pra frente e juro que não quero saber. Não sei se quero que você volte, se quero ouvir sua voz ou se já chegamos ao nosso limite. 

Enquanto isso vou vivendo à sua espera. Ou não.
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

  1. Eu tbm não sei como será, tenho medo de como será :/

    ResponderExcluir

Seja bem vindo(a) ao meu blog!

♥ Vou ficar imensamente feliz se você deixar um comentário nesse post. Pode ser uma crítica, dica ou palpite sobre esta postagem ou até mesmo sobre o blog. Sinta-se livre para me enviar um comentário e com certeza irei respondê-lo(a).

♥ Você não precisa ter uma conta no Blogger para comentar. Na caixinha de seleção ao lado de "Comentar como" tem várias opções para você selecionar, dentre elas a opção de comentar como anônimo ou inserindo Nome/URL. Agora não tem desculpa, hein?

♥ Não irei responder xingamentos ou palavras ofensivas. Então, desistam inimigas!

Muito obrigada pela sua visita e não se esqueça de voltar sempre! =D